Category Archives: Pensamentos

Ter fé

Vou contar uma história.

Era uma vez um lugar não tão perto de uma metrópole. Onde o senso comum ainda era ditado por instituições antiquadras, e as pessoas ainda achavam que ajoelhar no milho te fazia uma pessoa melhor.

Uma família tinha um filho com necessidades especiais. Ele não sobreviveria sem os remédios, que o estado pagava para que tivesse.

Eis que um dia aparece uma pastor novo com sua mulher em uma cadeira de rodas. A mulher podia muito bem andar, só que ninguém sabia disto. Ela ficara tanto tempo apenas na deira de rodas que a musculatura da suas pernas atrofiara. Mas não perdera os movimentos. Por quê teria feito isto? Descubra abaixo.

Um dia, o pastor reuniu um número de pessoas e fazia seu sermão para aquela gente simples, que ficava maravilhada com sua retórica.
Eis que no ápice de sua fala, ele diz para as pessoas que tivessem fé. A fé resolveria todos os problemas. Vira para sua mulher e diz “tenha fé, e ande!”. A mulher se levanta da cadeira de rodas e dá alguns passos em direção ao marido.

Dentre todos os maravilhados, estavam os pais do garoto do começo do texto.
Eles vão em busca dos conselhos do pastor sobre o problema do filho, e ele lhes diz “tenham fé! Joguem fora os remédios, e tenham fé!”

A família jogou fora os remédios.

O garoto morreu.

Boicote

Vem havendo umas confusões na internet por conta de uma organização que fez uma exposição, deixando alguns ofendidos.
Uns resolveram boicotar a organização, e outros disseram que era uma censura.

Essa discussão levanta um ponto interessante.
Como membros da sociedade, temos poder. Temos o poder de voto, temos poder de reivindicar nossos direitos… e temos poder, poucos lembram, como consumidores.

Já diz minha mãe: o órgão mais sensível do corpo humano é o bolso.

Para fazer um boicote, não é preciso exigir do governo uma mudança. Não é preciso fazer um abaixo assinado pedindo para passarem uma lei. Basta se organizar, por uma rede social qualquer mesmo, e dizer: se não for do nosso jeito, não compramos.
O resultado chega mais rápido do que se pode esperar. Afinal, nenhuma empresa quer ficar mal aos olhos dos consumidores.

E ninguém vai querer anunciar em algum lugar mal visto. Por estas e outras o YouTube até mudou sua política quanto à anúncios em páginas polêmicas.

Reclamam tanto de certas emissoras de televisão, mas não vejo se organizarem para não comprar os produtos anunciados no intervalo. O dia em que o sabão em pó anunciado perceber que está perdendo consumudores porque a tv em que anuncia está exibindo um conteúdo que não agrade os telespectadores, a maré irá mudar.

Fica aqui meu desabafo, pela cultura do boicote.