Monthly Archives: January 2020

Sistema de comentários e nova comunidade do Tecnoblog

O Tecnoblog tirou o sistema de comentários do Disqus do site, e no seu lugar colocou um fórum rodando num sistema chamado Discourse.

Bem interessante, tenho frequentado assiduamente a nova comunidade.
O fórum tem uma classificação de acordo com o tempo que os usuários passam lá, quanto interagem, Likes, etc. Bem legal, estimulante para alguém que, como eu, curte gamificação.

Depois de ler sobre os motivos que os levaram à abandonar o Disqus, resolvi voltar para o sistema nativo de comentários do WordPress. Mas depois de receber mais de 70 comentários-spam, tive que voltar ao que era antes. Sendo que meu blog não é tão grande, por agora não é tanto problema continuar com o Disqus. Se precisar, no futuro avalio outras opções.

A questão é que não gosto que o conteúdo gerado pela minha página não seja “meu”. Os comentários não estão hospedados no meu servidor, e dependem de terceiros. O pessoal do Tecnoblog mandou bem, creio eu. Agora tudo que o pessoa discute é inteiramente deles.

Só achei meio tiro no pé do jeito como está, porque o fórum não tem propaganda, e dá para ter acesso ao conteúdo das postagens (embora sem imagens) por lá, sem nunca ter que ir parar no site (onde estão os ads).

A Blizzard, aparentemente, também usa o Discourse. Pelo menos no fórum do Diablo 3.

Os caras não cansam de passar vergonha

https://www.oantagonista.com/internet/deputado-petista-posta-video-de-game-como-se-fosse-ataque-que-matou-soleimani/

Depois das fotos de queimadas de outros lugares, falando que eram da Amazônia brasileira, a moda agora é postarem imagens de vídeo-games achando que são reais.

Logo, logo, estarão publicando imagens de pokémons, acusando a direita de promover rinhas ilegais.

World War 3?!

Ontem, antes de ver qualquer notícia, me deparei com uma infinidade de memes falando que a Terceira Guerra Mundial poderia se tornar uma realidade.

Calma, não caiam na histeria dos memerios. Não vai haver uma nova guerra mundial.

O Irã não tem armas nucleares, e não tem força para encarar os EUA em uma guerra aberta.
Por mais que a China e a Rússia seja potências nucleares, não vão interceder pelo seu aliado quando este está claramente cutucaneo a onça com vara curta.

O que vai acontecer, é que o Irã irá (Irã irá… ahn? ahn?) retaliar indiretamente. Talvez intensificando apoio à grupos no Iêmen, que poderão atacar a, aliada dos EUA, Arábia Saudita, e à grupos contrários à Israel.
Atentados terroristas em outras partes do mundo? Não sei.
Mas os iranianos são extremistas, não estúpidos. Eles sabem que uma guerra aberta contra os EUA é suicídio.

Portanto, o alarmismo dos memes é engraçado, mas também irrealista.

Ademais, não tenho medo de estar errado. Porque, se estiver, não vai sobrar ninguém para me acusar de estar errado.

Who is John Galt? – ANCAP.SU

Quem é John Galt? Não sei ainda, estou lendo A Revolta de Atlas, em breve terá resenha no blog Ler. Recomendação do ANCAP.SU
Quem é o ANCAP.SU? Bem é um canal no YouTube. Como o próprio nome indica, fala sobre anarcocapitalismo. Farei sobre ele mais adiante.

O YouTube é um lugar muito bom para se propagar ideias e promover debates. Muito porque, apesar de estarmos sujeitos ao que os anunciantes acham conveniente como conteúdo, todos nós podemos colocar nosso material lá e, se formos convincentes, cativar uma audiência. Isto tudo sem tirar um centavo do bolso. Claro, se o conteúdo for bem produzido, tem mais chances de cair nas boas graças do povo.

Por estas e outras, resolvi dar início à uma série de postagens aqui no blog, falando sobre YouTube, os canais que acompanho etc.

Vamos então ao canal que tem me feito dar boas risadas, pensado sobre política, filosofia, e de quebra sobre liberdade. Liberdade de verdade, não estar livre para fazer o que te mandarem.

Continue reading

Integralistas? Black bloc!

  1. Porta dos Fundos faz um vídeo de mal gosto tripudiando a religião cristã
  2. Muito criticado, o filme ganha visibilidade com o efeito Streisand
  3. A sede do Porta dos Fundos é alvo de um ataque terrorista
  4. O autor do atentado, que não fez nenhum esforço para não ser identificado, assume-se Integralista
  5. A direita brasileira novamente é enquadrada no artigo nº666, da lei vocês-são-uns-facistas-filhos-da-puta, prevista no código de condenação automática da esquerda

Mas quem é este tal de Eduardo Fauzi?
Deixe que a musa dos Black Blocs, a Sininho, esclareça para vocês!

Preste bem atenção nos nomes que ela cita…

Ainda não caiu a ficha?
Os Pingos nos Is explica:

“Testamento”

Antes de ser operado, me preocupei que, com minha eventural morte, não houvesse nenhuma indicação do que fazer com meus bens. Por isto escrevi algumas orientações. Felizmente, não foram necessárias. Aqui estão elas:


Eu sei que este não terá valor legal, mas gostaria que as disposições aqui registradas fossem honradas. Já que não tenho um testamento registrado, esta será a única indicação do que ser feito com meus bens materiais, no caso de uma fatalidade.

Primeiramente, dos meus restos mortais, gostaria que fosse feito o melhor aproveitamento possível. Órgãos doados à quem estiver precisando, para alguma instituição de ensino, etc. O que sobrar, fica à cargo da minha família, mas de preferência que se gaste o mínimo possível para se dar destino. Não havendo problema algum em ser sepultado em vala comum, ou aquelas gavetas mortuárias. Bem, a palavra final fica com minha família, o que for melhor para confortá-los.

Todos os meus eletrônicos, incluindo meu MacBook Pro, iPad, Nintendo Switch, jogos, câmeras fotográficas, Kindle, etc., ficam para meu irmão, Guilherme. As senhas do meu computador etc. estão dentro do primeiro volume de Guerra e Paz, na minha estante.

Estou com o jogo Super Mario Odyssey (de Switch) emprestado de Otavio, que precisa ser devolvido. Ele se encontra dentro do console, e a capa está na minha estante.

Para minha namorada, Sthefanie, deixo a coleção do mangá Death Note, o Kindle que encomendei e está para chegar com pelo correio (comprei com meu dinheiro!), e os livros que tenho de Game of Thrones.

Ao meu primo/irmão, Enzo Eleutério, deixo a coleção dos livros de Harry Potter, e todos os meus mangás, com a excessão dos de Death Note (que, como disse, ficarão com a Sthefanie).

Aos meus pais, deixo o meu muito obrigado, pela vida mais confortável que puderam me proporcionar.

03 de Dezembro de 2019

________________________________
Gabriel Eleutério Sardinha