Monthly Archives: March 2018

Apple; cabo Lightning x SD

Comprei este cabo para passar as fotos do cartão para o iPad. Funciona para passar para o iPhone também, mas acho melhor para o iPad mesmo.
Funciona mesmo com as fotos em RAW.

Não seria para substituir o uso do computador, mas para dar uma adiantada em algumas fotos e deixar o pessoal feliz. Afinal, os clientes querem as fotos para ontem. O que pode ser feito, é dar uma editada básica em umas 2 ou 3 fotos, e passar como uma prévia do trabalho.
*Muito cuidado: na hora que você importa as fotos para o iPad/iPhone, ele pergunta se você quer apagar as fotos do cartão. NÃO queremos isto. O ideal é passar as fotos para o computador depois, para editar no seu software de preferência lá. Os programas do computador são mais completos que os editores para mobile.

Falo para casos como os que eu já passei: fui fotografar a apresentação de uma banda de uns amigos meus, depois do show fomos para a casa de um deles. Eles ficaram me cobrando as fotos, que eu passasse algumas sem editar. Eu, é claro, não quis passar fotos sem editar. Eles reclamaram. Se eu tivesse este esquema na época, poderia ter passado para o iPad as fotos, dado uma edição básica no Lightroom Mobile, e passado para eles algumas fotos para irem ao Facebook e Instagram no mesmo dia que foi feita a apresentação. Depois, publicado o álbum com todas as fotos que quisesse publicar.

Você pode comprar o cabo em uma das lojas da Apple, ou pelo site. Se pagar à vista tem 10% de desconto. Não, não estou ganhando nada por fazer propaganda.

Pixels; escuros ou claros? [recuperação]

Claro, se for o seu objetivo deixar a imagem estourada de pixels brancos, ou preta de pixels escuros, é outro assunto. Aqui falarei brevemente sobre o que é preferível, em termos de sacrifício.

Na imagem que ilustra esta postagem, temos alguns pixels “mortos”. Se puxarmos o brilho um pouco mais, aparecem muitos outros. Você pode ver quais são estes pixels mexendo no histograma do Camera RAW. Eles aparecem em vermelho, clicando na tela O.

Mas o que são estes pixels, afinal? São pixels totalmente brancos, que não poderiam ser “salvos” se você quisesse deixar a imagem mais escura. Eles não contém informação nenhuma além do branco. Pixels totalmente pretos também não contém informação além do preto, mas, numa câmera digital, entre escolher ter um a imagem mais branca e outra mais escura, escolha a um pouco mais escura, pois na hora da edição é mais fácil de “salvar”.

Fazer as fotos em RAW, torna mais fácil “salvar” tanto pixels mais claros quanto os mais escuros.

Canon Speedlite 470EX-AI

O novo flash da Canon, que é capaz de, automaticamente, determinar a “melhor” posição para rebater o flash. Sai em Abril. Deve gastar a bateria bem rápido, e se não tiver aonde rebater (como num ambiente aberto) perde seu propósito, mas temos que admitir: bem legal. 🙂

 

Dica do meu amigo, e melhor engenheiro do Brasil, Eduardo Anjos.
Fonte:
https://www.theverge.com/circuitbreaker/2018/2/25/17046560/canon-470ex-ai-auto-flash-bounce